Apaiari ou Oscar (Astronotus ocellatus)

Apaiari

Nomes populares

O peixe de água doce chamado Apaiari é conhecido popularmente como Peixe Oscar e Acará-Açu.

Nome científico

Astronotus ocellatus.

Distribuição geográfica

A espécie do Apaiari é distribuída nas Bacias Amazônica, Araguaia-Tocantins e Prata. Foi introduzido nos açudes do Nordeste e na Bacia do rio São Francisco.

Habitat

O Apaiari habita lagos de várzea e lagoas marginais, adaptado a águas paradas e rasas de fundo lamacento ou arenoso. Não é uma espécie migratória.

Alimentação

O Apaiari é um peixe omnívoro, com forte tendência carnívora, consumindo pequenos peixes, insetos, crustáceos, frutos e sementes.

Reprodução

O Apaiari tem reprodução monogâmica, até 3 vezes ao ano, atingindo a maturidade sexual por volta de 10 a 12 meses, com cerca de 1.500 a 2.000 ovos por desova. Esta é feita em pedras para uma maior proteção à prole.

Características

O peixe Apaiari ou Oscar é considerado um peixe ornamental. É um peixe de escamas, com o corpo apresentando manchas escuras verticais irregulares e uma grande mancha ocelar na parte superior do pedúnculo da nadadeira caudal. Às vezes, apresenta forte coloração avermelhada nos flancos e no ventre. Os ocelos são escuros no centro e alaranjados ao redor. Atinge cerca de 35 a 40 cm de comprimento total e cerca de 1,5 kg de peso. É considerado o maior dos Carás brasileiros. Conhecido pela impressionante inteligência, quando em aquário, é capaz de reconhecer o seu tratador, pegar a comida na mão ou até mesmo pular para fora do aquário para apanhá-la. Também costuma deixar que se façam carícias em seu dorso.