As melhores iscas para superfície e meia-água

Temos aqui no nosso site, uma série de artigos com conteúdos específicos sobre as melhores iscas para determinadas soluções na pescaria. Mas, como já faz um bom tempo que não falamos sobre esse assunto, resolvemos fazer um resumão para recapitular o assunto.

Então, vamos trazer para você as principais informações que você precisa ter sobre iscas de superfícies e de meia-água. Essas informações vão ser muito importantes para sua pescaria, já que você poderá organizar melhor como irá pescar e qual técnica irá utilizar.

Assim, já te convido a ficar comigo até o final deste artigo para saber de tudo sobre essas iscas e quais as características e funções de cada uma delas. Então, vamos agora conhecer as principais iscas de meia-água e de superfície para sua pescaria.

Iscas de meia-água

Shallow Runner (Barbela curta – pouca profundidade)

Ideal para pescar peixes que comumente caçam próximos à superfície. Estas iscas trabalham entre 0,30 cm e 0,60 cm de profundidade. São muito eficientes na busca quando os peixes não estão atacando outras iscas de superfície.

Deep Runner (Barbela longa – grande profundidade)

Ideal para pescar peixes que normalmente habitam maiores profundidades, perto dos fundos de pedra, estruturas como troncos caídos, galhos submersos e drop off, que são degraus de profundidade acentuadas causados pela erosão.

Plugs Suspending

Iscas com peso específico muito próximo ao da água, que faz com que, quando em repouso, permaneçam praticamente estáticas na profundidade que estão.

Iscas de superfície

Stick

São iscas lastreadas na parte traseira. Quando paradas ficam na posição vertical ou inclinada e quando em movimento imitam o nado de um peixe ferido, que na natureza é a presa mais fácil.

Estas iscas, que não possuem ação própria, dependem muito da habilidade do pescador para lhe dar vida. Seu trabalho é efetuado de duas maneiras: pequenos toques de ponta de vara e toques pausados com pequenas paradas. Isto imita um peixe em agonia, provocando ataques espetaculares.

Seu trabalho fica muito prejudicado se estiver ventando no local onde estamos realizando nossos lances, pois a superfície da água estará agitada. Mesmo que o pescador tenha bastante experiência, a isca não irá trabalhar adequadamente.

Zara

São iscas que devem ser trabalhadas com pequenos toques e recolhimento simultâneo de linha, o que as fará deslizar pela superfície em zig-zag (simulando nado errático, típico de peixes feridos). Mas, para um bom trabalho, a ponta da vara deverá ficar apontada para baixo, para que a isca imite um peixe caçando. Então, estas não são iscas ideais para serem utilizadas com ventos e água turva.