Como diferenciar se um peixe é macho ou fêmea?

Eu tenho certeza que todo criador de peixes, e até quem não cria, tem a seguinte dúvida: Como saber se meu peixe é macho ou fêmea? E pensando nisso, resolvemos fazer um conteúdo específico te ensinando exatamente a identificar o sexo do seu peixe.

Então, já te convido a ficar comigo até o final deste artigo pois com certeza, essas dicas vão te ajudar muito na hora de adquirir o seu peixes. Mas, é importante lembrar que vamos levar em conta os peixes mais populares entre os aquaristas hoje.

Então, sendo assim, vamos dar algumas dicas e também, algumas curiosidades da importância de saber identificar o sexo dos seus peixes de aquário.

Mas, porque preciso saber o sexo do peixe?

Primeiramente, pelo fato de que os peixes necessitam se reproduzir e por isso se torna muito importante saber quais os sexos dos seus peixinhos. Outra questão, é a de que algumas espécies precisam ter uma determinada quantidade de fêmeas para cada macho, o que é super importante para o peixe.

Essa questão é tão importante, que, em aquários comunitários, a quantidade de fêmeas para um macho ajuda até na sua socialização. Mas, outras espécies já não podem ficar juntas com outro do mesmo sexo, como é o exemplos dos peixes betta.

Curiosidades

Então, abaixo vamos citar mais algumas questões sobre a importância de conhecer o sexo de cada peixe:

  • O sexo do peixe vai muito além do órgão sexual, sendo que a estrutura física também é diferente e chamamos isso de disformismo sexual;
  • Algumas espécies são simplesmente impossíveis de detectar o sexo;
  • Normalmente, os machos costumam ser menores do que as fêmeas, mas isso não é uma regra;
  • Sendo assim, algumas espécies se tornam mais difíceis de saber o sexo e muitas vezes acaba-se tendo que fazer testes para descobrir;
  • O teste requer de comprar mais espécies e vê quais irão engravidar;
  • Mas, algumas espécies são mais fáceis de detectar o seu sexo, e vamos citá-las abaixo:
    • Kinguio: Apesar de serem bem delicadas, as diferenças de macho e fêmea dessa espécie acabam se tornando perceptíveis, conforme vamos ensinar a seguir;
        • Kinguio Macho: Tem o corpo mais alongado e possuem alguns pontinhos próximos ao opérculo, e chamamos isso de tubérculos nupciais;
        • Kingui fêmea: Tem o corpo arredondado e mais baixinho, e quando desenvolvem as ovas, costumam ficar com a barriga maior;
      • Bettas:  Nos bettas, só conseguimos diferenciar seu sexo na fase adulta, conforme vamos citar abaixo:
        • Betta Macho: Possuem uma barbatana grande e elegante, além de terem cores mais fortes e vivas e o corpo mais largo;
        • Betta Fêmea: Possuem barbatanas curtas, cores menos vivas e o corpo bem alongado;

Veja o artigo Peixes mais raros do mundo