Descubra como escolher suas iscas em 2022

Uma das coisas mais importantes para a prática da pesca são as Iscas. E elas podem ser naturais, ou artificiais, dependendo sempre do gosto do pescador, mas ambas são de extrema importância para a prática e você deve tomar várias precauções para conseguir encontrar as iscas ideias para sua pescaria.

E hoje, vamos conversar um pouco sobre os tipos de iscas artificiais que existem, e em breve, vou trazer em um outro artigo, os melhores tipos de iscas artificiais, bem como as melhores formas de utilizá-las.

Porém, hoje vamos tirar algumas dúvidas quanto a qualidade e benefícios de utilizar uma isca artificial, além de trazermos algumas dicas importantes para você se atentar bem e comprar o material certo e perfeito para conseguir uma ótima pescaria.

Então, depois desta breve introdução, vamos agora às principais dicas sobre suas iscas artificiais para melhorar sua pescaria.

Quais as vantagens de utilizar Iscas Artificiais?

 

São inúmeras as vantagens de utilizar uma isca artificial no lugar da isca natural, e sua principal vantagem leva em conta na questão da durabilidade da isca, já que a natural por muitas vezes ser uma criatura viva, acaba se acabando mais rápido.

Outra vantagem interessante, é que sua pescaria tem mais chances de sucesso, pois com a isca artificial, você não limita sua pesca somente a uma espécie de peixe.

 

Quais os tipos de isca que existem?

 

As iscas artificiais se diferenciam por profundidade e cada uma levará a um resultado específico ao final da sua pescaria, e abaixo, vamos falar um pouco sobre isso.

* Iscas de superfície:

são iscas que chegam até 30cm de profundidade, e são interessantes porque ficam sempre a vista do pescador. E seus principais modelos são:

Zara:

esse modelo específico se movimenta em zigue-zague, e alguns têm um chocalho acoplado a ela;

Stick:

Imita um peixe ferido, sendo um que trás mais sucesso na pescaria;

Popper:

Modelo em um nível avançado, ele emite um som de peixe caçando;

Hélice:

Esse modelo trás uma hélice no seu corpo e é exclusivo para fisgar peixes maiores;

Iscas de meia-água:

Esse modelo de isca alcançam uma profundidade maior que chegam até a 1,20m de profundidade e em sua maioria, possui uma tecnologia que faz com ela emita movimentos utilizando a pressão da água, e para isso, é necessário que o pescador sempre dê leves movimentos para ter sucesso na pescaria;

Iscas de profundidade:

* Essas são perfeitas para pescadores de nível avançado, que tem como objetivo, caçarem peixes mais raros, e espécies que estão nos fundos dos mares, rios e lagos, já que essa isca alcança lugares onde não existem visibilidade.
E com essas ótimas dicas que lhe trouxemos hoje, você já está no caminho para começar analisar quais os tipos de peixes quer pescar e como chegar a esse objetivo.

Veja também o artigo  A pesca feminina no Brasil, e suas características