Jurupensém (Sorubim lima)

O Jurupensém realiza grandes migrações rio acima nos períodos de procriação.

Nome popular

peixe de água doce chamado Jurupensém é conhecido popularmente como Bico-de-Pato.

Nome científico

Sorubim lima.

Distribuição geográfica

Sua espécie é distribuída nas Bacias Amazônica, Araguaia-Tocantins e Prata.

Habitat

O Jurupensém é um peixe que habita poços abaixo das corredeiras.

Alimentação

É um peixe carnívoro, alimentando-se de peixes e crustáceos.

Reprodução

O Jurupensém realiza grandes migrações rio acima nos períodos de procriação.

Características     

peixe Jurupensém é um peixe de couro, com o corpo roliço. Possui uma lista clara irregular que vai da cabeça à nadadeira caudal, o que lhe fortalece o alongamento. Sua cabeça é longa e achatada, de onde vem o nome Bico-de-Pato, como também é conhecido. Possui boca arredondada, sendo o maxilar superior maior que a mandíbula. Seus olhos estão localizados lateralmente. Seu o dorso  é marrom escuro, quase preto, passando a amarelado e depois esbranquiçado abaixo da linha lateral. Suas nadadeiras são avermelhadas ou róseas. Pode alcançar 70 cm de comprimento total.

Curiosidades: Possui uma característica muito marcante: o maxilar superior é maior que a mandíbula e a boca é larga e arredondada. Por isso, é também conhecido como Bico-de-Pato.

Onde Encontrar: A distribuição geográfica deste peixe ocorre nas bacias do Prata, Amazônica e Araguaia-Tocantins, onde formam grandes cardumes nos poços abaixo das corredeiras, alimentando-se de pequenos peixes e camarões.

Ele geralmente é encontrado nas proximidades da vegetação marginal, onde busca comida em pequenos cardumes. Vive no fundo dos rios, tem hábitos noturnos e pode ser encontrado durante o ano inteiro, sendo mais comum no início da cheias.

Na Bacia Amazônica pode formar grandes cardumes que sobem os rios no final da época seca e início da enchente, para desovar.

O tamanho mínimo para captura é de 35 cm.

Dicas para pescá-lo: Aumente a quantidade de peixes fisgados usando linhas multifilamento de 30 a 80 lb e anzóis circle hooks de arame fino, que, além de ajudar na hora da fisgada, evitam que o peixe engula a isca, facilitando a devolução do exemplar para a água.

Ecologia

Espécie carnívora, alimenta-se de pequenos peixes, camarões e outros invertebrados. Na bacia amazônica, pode formar grandes cardumes, que sobem os rios no final da época seca e início da enchente, quando desova. Os cardumes costumam se concentrar nos poços abaixo das corredeiras, e, nessa época, são capturados pelos pescadores comerciais, o que faz com que apareça eventualmente em grandes quantidades nos mercados, mas não tem muita importância comercial.

  • Equipamentos – O equipamento é leve; linhas de 17 a 25 lb.; anzóis de n° 4, 2, 1/0.
  • Iscas – Iscas naturais, lambari, tuvira, minhoca, minhocuçu, pedaços de coração e fígado de boi.