Os Gigantes da água doce brasileira

0Os peixes de água doce do Brasil são divididos em quatro grandes grupos: os nativos, os exóticos, os ornamentais e os de aquário. Elencamos a seguir algumas das principais espécies de peixes de água doce do Brasil, divididos por grupo.

Tambaqui

É um dos peixes de água doce mais populares do Brasil. É um peixe carnívoro, também conhecido como “barbatana de couro”. Seu habitat é a bacia Amazônica e a bacia do Rio Paranaíba. Sua carne é bastante saborosa e é uma das principais espécies de peixe de água doce destinadas à pesca comercial e esportiva.


Piraíba

Piraíba e suas sete espécies vivem em águas quentes do centro e norte da américa do sul eles são chamados de cuma cunas, lácteos piraíbas etc. Então, este é o tipo de piraíba que atinge um tamanho maior, sendo o maior peixe da Amazônia.

Então, acredita-se que pode chegar a 3.5 metros de comprimento e 200Kg de peso e os 40 centímetros que podem ser medidos pela enorme boca desse predador. Mas, também são capazes de engolir outras cobras macaco, peixes, cães, gatos, aves e ate mesmo outros menores de sua espécie.

Gigante arapaima

Éo único membro da sua família originário da américa do sul este sobrevivente pré-histórico pode ser encontrado na Amazônia. Mas, em algumas partes da Ásia onde foi produzida é um peixe que cresce mais de 3 metros de comprimento e pode pesar 250kg.

Então, ele não se encaixa na imaginação de qualquer pescador, o arapaima representa o expoente máximo para o aventureiro extreme dedicado à pesca.

Então, imagine uma expedição de pesca exótico incrível para um destino único diferente aventura pura viajando no tempo em direção à pré-história com equipamento de pesca do futuro em busca do titã amazônico.


Peixe Gato do Mekong

É talvez o mais interessante espécies ameaçadas no rio Mekong este peixe gigante de 292 quilogramas de peso e pode exceder três metros de comprimento seu principal habita são as águas do canal no sistema do rio mekong o que engloba os países Camboja Tailândia e Vietnã distingue-se pela quase total ausência de barbas e ausência de dentes essa espécie está à beira da extinção.

Contudo, vale ressaltar que a demanda por esses peixes também aumentou nos últimos anos, o que fez com que sua pesca excedesse a capacidade reprodutiva deles, levando alguns espécimes à extinção. Apesar disso, a aquicultura tem crescido cada vez mais e possibilita que a pesca seja mais sustentável. O lambari é um peixe muito consumido no Brasil, principalmente por causa dos seus nutrientes. Ele é rico em proteínas e pode ser utilizado em diversos pratos.