Os peixes mais procurados da pesca esportiva

Falamos recentemente sobre os melhores e mais bonitos locais para a prática da pesca esportiva, que tanto tem crescido no país. Em cada um dos artigos que trouxemos, falamos um pouco do local e citamos as espécies de peixes que habitam em cada um deles.

Então, para dar uma acrescentada ao conteúdo, hoje vamos trazer um pouco sobre algumas das principais espécies que podem ser encontradas no Brasil. Então, te convido a ficar comigo até o final deste artigo para ficar por dentro de todas as características de cada espécie.

Tucunaré

Essa espécie é muito popular nas águas brasileiras e podem ser encontradas em várias cores e espécies. Então, cada espécie é dividida por cores que vão desde amarelo, até passar por azul, verde e até vermelho.

Mas, é um peixe muito desafiador, o que faz com que ele seja uma das espécies mais procuradas entre os praticantes de pesca esportiva. Então, a dica para fisgar o tucunaré é deixar a fricção sempre livre e pôr muita força no braço.

Pacu

Peixe com formato achatado e muito parecido com um disco, o pacu pode chegar  a 8kg e medir quase 2 metros. Mas, já tem alguns registros de pacus que chegam a incríveis 25 quilos, somados a sua brutalidade, são desafios bem interessantes. Então, para fisgar um pacu, você precisa utilizar iscas com sabor forte e massas, pois, eles se alimentam de frutas e algas.

Tilápia

A tilápia é a espécie de entrada para todo pescador, pois, é encontrada em praticamente todas as águas ao redor do nosso país. Mas, o que faz ela ainda mais popular é o fato de ser um peixe de fácil pescaria, e você normalmente vai encontrar em pesqueiros, lagos, etc. Então, para fisgar uma tilápia basta procurar os peixes perto de vegetações e utilize iscas simples para capturar a espécie.

Dourado do rio

Uma das espécies mais lindas que podem ser encontradas nas águas brasileiras, é também conhecida como “Rei do rio”. Mas, o que mais chama a atenção de pescadores esportivos é a chance de tirar fotos com um peixe simplesmente lindo. Mas, por outro lado é um peixe muito difícil de pescar por ser muito arisco e fujão. Então, existe uma grande possibilidade de você perder o peixe se não segurá-lo muito bem.

Pirarucu

Para finalizar nosso artigo de hoje, não poderíamos deixar de fora o nosso gigante das águas doces, o pirarucu. Essa espécie pode chegar facilmente a 250 quilos e a mais de 2 metros de comprimento. Então, para pegá-lo, primeiramente você precisa de muita força e por fim, saber que precisa devolvê-lo rapidamente para a água.