Peixe Koi: Tudo sobre suas características e origem

 

Os peixes ou carpas Koi são criaturas fascinantes para se ter por muitos anos. Seu charme se deve principalmente pelas colorações maravilhosas.

O nome “Koi” é na verdade uma abreviação de “nishikigoi”, que pode ser traduzido como “carpa brocado”. Os peixes Koi são descendentes diretos da carpa comum, mas através da reprodução seletiva eles agora são classificados como uma espécie por direito próprio.

Eles não são classificados como peixes de aquário, mas como peixes ornamentais de lago.

Além do mais, eles são relativamente resistentes e vivem por muitos anos crescendo em grandes espécimes à medida que amadurecem.

História do Peixe Koi

Em Niigata, no Japão, costumava haver fortes nevascas todo inverno. Isso muitas vezes deixou os produtores de arroz que vivem na região montanhosa isolados por longos períodos de tempo.

Eles precisavam de uma fonte de proteína durante o inverno, então mantinham a carpa (Magoi) em uma vala não utilizada.

No outono, eles colhiam e salgavam a maior parte dos alevinos de carpa, deixando alguns para procriar na primavera para reabastecer seu estoque.

A carpa também foi muito benéfica para a colheita do arroz. Quando a água era usada para reabastecer os arrozais, os resíduos da carpa eram excelentes fertilizantes.

Com isso, algumas das carpas que eles tinham saíram com manchas vermelhas.

Sabemos que no início do século 19 pelo menos um dos produtores de arroz percebeu isso. E em seu tempo livre, ele começou a criar seletivamente apenas essa carpa.

Ao longo dos anos, o hobby de manter os peixes Koi se espalhou por todo o Japão. A maioria das pessoas que tinham o Koi eram empresários.

As Koi eram transportadas em baldes de madeira pelos criadores, que as levavam de sua fazenda até a casa do criador. Não havia tanques de oxigênio ou aeradores, então a taxa de sobrevivência era baixa.

A criação de peixes Koi continuou no Japão até o início da década de 1960.

Foi lá que as bolsas de polipropileno e as viagens aéreas permitiram o transporte rápido e seguro ao redor do mundo e foi aí que tudo começou.

Características do peixe Koi

Os peixes Koi são um dos tipos mais populares de peixes de lago. Seus corpos longos e poderosos são muito parecidos com os das carpas selvagens.

A aparência física do Koi também se assemelha a de um peixinho dourado comum. Mas ao contrário destes, o Koi tem dois barbilhões no fundo da boca.

O interessante, é que os peixes Koi geralmente crescem mais de 75 cm e são mais adequados para lagoas ao ar livre do que para aquários.

Os peixes Koi vêm principalmente nas variantes branco, preto, vermelho, amarelo, azul e creme. No entanto, existem milhares de outras combinações de cores que podem ocorrer em peixes Koi.

Cuidados com os peixes Koi

Quando bem alimentados e com espaço adequado, eles geralmente podem passar de 75 centímetros, chegando até 90cm.

Por esta razão, não é aconselhável tentar criar peixes Koi em um aquário pequeno. Em vez disso, eles devem ser criados preferencialmente em lagos artificiais.

Não somente isso, é também um tipo peixe totalmente forte e resistente, pois se adapta às condições temperamentais da água onde se encontra, sejam elas de 17 a 24 graus.

Alimentação do peixe Koi

Estes grandes peixes são alimentadores onívoros.

Eles são fascinados por plantas aquáticas, zooplâncton, moluscos, crustáceos, peixes mortos e artrópodes quando podem se mover totalmente em seu habitat.

Agora, se forem mantidos em um aquário grande ou lago artificial, podem ser alimentados com uma variedade de alimentos, especialmente aqueles para peixes.

Alguns outros exemplos de comida seriam frutas, legumes, alguns vermes e grãos, larvas, talvez moscas, libélulas, formigas e muito mais.

Eles têm um sistema digestivo muito pequeno, por isso sua nutrição deve ser controlada.

Essas foram, portanto, algumas informações sobre esse incrível peixe ou carpa Koi como queria chamar. Se você gostou, não deixe de compartilhar.

Veja o artigo Os peixes de água doce com perigo de extinção