Peixes mais raros do mundo

Recentemente, falamos aqui sobre a nova lista com os peixes de aquário mais caros e raros do mundo. E se assim como eu, você também tem curiosidades sobre peixes raros e exóticos, vai gostar muito dessa nova série.

Hoje, vamos iniciar uma nova série, bem interessante, onde vamos citar quais são, e as principais características dos peixes mais raros do mundo. E eu tenho certeza que você vai se surpreender com algumas dessas espécies que vamos mostrar a vocês.

Então, fica comigo até o final deste artigo para saber tudo sobre esses peixes, quais estão em risco de extinção e algumas curiosidades sobre eles.

Peixe-pedra

Essa espécie é simplesmente incrível, pois, o seu corpo tem estruturas parecidas com pedras e servem para eles se camuflarem. O seu nome, vem exatamente dessa característica, e além de ótimos camufladores, eles também possuem um veneno poderoso.

Esse veneno se encontra em espinhos que ele tem por todo o corpo e no qual ele utiliza para caçar e eliminar suas presas e predadores. Então, além de seu corpo diferenciado, a característica que mais chama atenção no peixe-pedra, é o perigo do seu veneno.

Peixe dragão

Essa espécie é tão rara, que já tem algum tempo que não é vista a olho humano, somente através das câmeras e localizadores dos estudiosos marítimos. A dificuldade de encontrar esse peixe, se dá porque eles costumam habitar a mais de 2000 metros de profundidade.

Mas, essa não é sua principal característica, seu corpo é longo, parecido com uma cobra, e possuem dentes suér compridos que impedem de fechar a boca. Mas, apesar disso, são peixes que se alimentam de algas e pequenos animais invertebrados.

Brachiopsilus Dianthus

Também conhecido como peixe com mãos, essa espécie é uma das mais raras e de difícil acesso dessa nossa lista. Essa espécie chama atenção por suas cores que variam entre rosa e vermelha e suas barbatanas que parecem com mãos.

Mas, além disso, outro detalhe que chama atenção é a sua boca, com lagos carnudos e pequena em relação ao seu corpo. São peixes muito raros de ser encontrados e habitam as águas da Oceania e Tasmânia. Se alimenta de animais invertebrados, e uma descoberta recente, é que ele usa suas “mãos”, para se movimentar em superfícies fixas no mar.

Então, esse é só o início dessa super série sobre os animais mais raros e exóticos que são encontrados nas águas doces do mundo inteiro.