Pesca artesanal

Você sabia que existe pescas artesanais?

A pesca artesanal ainda é considerada de baixa produtividade, em função do pouco investimento em infraestrutura, educação e acesso ao capital, além de falta de políticas de desenvolvimentos sustentável.

Pesca artesanal é um tipo de pesca tradicional que envolve o uso de barcos e embarcações menores, feito a mão ou com motores. Mas, equipados simples, geralmente, a pesca artesanal é realizada por pescadores individuais ou familiares, em águas interiores, como rios lagos, ou perto da costa.

Então, o objetivo da pesca artesanal é geralmente a subsistência, embora possa haver comercio de excesso de pescado. Segundo pelo fato de ser uma atividade tradicional, com forte presença nas comunidades e que pode ser uma alternativa para educação ambiental.

Isso porque a pesca artesanal é uma atividade que proporciona renda e trabalho para milhares de brasileiros sendo uma importante estratégia de promoção de um desenvolvimento sustentável. Mas, a pesca artesanal no baixo amazonas é importante sendo econômico da região, e tem um grande impacto na economia locar.

Então, a pesca artesanal é uma das principais atividades econômicas da região, e tem um grande impacto na economia local. Para isso, será preciso.

Dicas importantes

– Conhecer e compreender melhor os mercados para quem e para o que produzimos;
– Selecionar as espécies que apresentam boas oportunidades de mercado, como a tilápia;
– Aumentar a oferta de matéria prima, tanto via aquicultura como pesca sustentável;
– Melhorar a gestão dos pesqueiros e a gestão ambiental se social;

A importância da pesca artesanal

A sustentabilidade da pesca artesanal é um tema de grande importância para o meio ambiente e para a economia. E isso acontece pois represente é um trabalho que tem um grande impacto positivo para a sociedade.

Então, é de extrema importância que o pescador artesanal seja um profissional bem treinado e que se atenha as regas que garantem a sustentabilidade da atividade.

Pontos negativos

A educação ambiental é capaz de despertar consciências para a problemática do uso de abusivo do meio ambiente.

Então, além de ajudar na capacitação de grupos sociais e de ações de manejo correto do patrimônio natural. O excesso de pesca leva ao esgotamento dos recursos pesqueiros e a uma redução nos anos seguintes, no entanto, a diminuição da produtividade pode ocorrer em períodos menores dos anos de pesca.

Então, em menos de um ciclo de vida a diminuição da pesca pode ser reversível se forem tomadas medidas para melhorar a gestão dos recursos pesqueiros como políticas de defesa