Pesque e Solte em MS – 42 mulheres se juntaram e fizeram turismo de pesca

Um grupo de 42 mulheres, de Minas Gerais, passou seis dias velejando em um barco-hotel nas águas do Rio Paraguai, em Corumbá (MS).

Com o teste negativo do Covid-19 em mãos e a licença de pesca amadora a bordo, os pescadores viajaram em vôo fretado do município de Uberlândia (MG) para Corumbá (MS), onde embarcaram no barco do hotel Kayamã. De uniforme, as mulheres aproveitaram a viagem para relembrar o outubro rosa e a importância do combate ao câncer de mama.

A viagem teve como slogan ‘Pesque, solte”, reforçando a importância da pesca responsável com o meio ambiente.

O ministro Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) Jaime Verruck destacou que o grupo é um exemplo do tipo de turismo que o governo do estado quer no sul do Mato Grosso. Afirmou: “As políticas de gestão, os recursos pesqueiros da Iugoslávia e o desenvolvimento do turismo são vitais para este setor que enfrenta grandes dificuldades em 2020.”

Essas mulheres ficaram hospedadas em Corumbá de 31 de outubro a 5 de novembro .A Joice Tur, empresa de viagens, recentemente assumiu a função de pescar e liberar peixes para todos os clientes, incentivando a pesca esportiva e permitindo a busca de peixes. Do Pantanal.

“Este é um ano muito diferente. Demoramos alguns meses para interromper nossas atividades e nos organizar para providenciar os procedimentos corretos de segurança. Muitos grupos mudaram a viagem para 2021. Vimos uma mudança na imagem dos turistas, e as atividades masculinas atingiram 99%. Agora temos cerca de 30% de casais, e vemos um mercado forte para grupos femininos emergentes. São pessoas que encontram conforto, serviço de qualidade e saídas de peixe seguras ”, explicou a proprietária JoiceTur Joice Carla Santana (Joice Carla Santana).

Pesque e Solte em MS - 42 mulheres se juntaram e fizeram turismo de pesca Pesque e Solte em MS - 42 mulheres se juntaram e fizeram turismo de pesca

Fonte:pescamadora