Tudo sobre peixes cartilaginosos

Como sempre dizemos por aqui, os peixes são animais incríveis e cheio de características interessantes curiosidades surpreendentes. E hoje, vamos começar uma série que vai falar sobre as classes de cada espécie de peixe, que aliás, é um assunto muito importante para criadores ou pescadores.

Então, hoje vamos falar de uma das classes mais interessantes dos peixes, a classe dos cartilaginosos. Então, já te convido a conhecer quais são essas espécies e quais são suas características. Mas, sempre bom lembrar que estamos trazendo também várias características de peixes para auxiliar na criação ou pesca dessas espécies.

Então, vamos dar início ao conteúdo de hoje, e vamos falar tudo sobre os peixes cartilaginosos. Sendo assim, acompanha até o fim para saber tudo sobre eles.

O que são os peixes cartilaginosos?

Os peixes cartilaginosos são peixes que possuem seu esqueleto feito de cartilagem, ou seja, não possuem um esqueleto ósseo. Além do fato de não serem animais vertebrados primitivos, mas sim, espécies que evoluíram com o tempo. Um exemplo de peixes cartilaginosos são as quimeras.

Quais as principais características?

  • Possuem o corpo uniforme ou achatados e variam a temperatura do corpo de acordo com o local onde estão;
  • Suas nadadeiras são sustentadas e funcionam por meio de contrações;
  • Podem ser ovíparos  e ovovivíparos;
  • Possuem uma alta absorção de nutrientes por conta de seu intestino que possui uma válvula espiral com esse intuito;
  • Mas, uma das principais características é o fato de possuírem todos os sentidos muito aguçados e adaptáveis;

Quais os principais peixes cartilaginosos?

  • Tubarão: o maior predador das águas é talvez o principal exemplo de peixe cartilaginoso. Mas, ele também deixa bem clara a questão dos sentidos aguçados, já que consegue localizar sua presa de longas distâncias. Outro detalhe, é que os tubarões possuem um corpo fusiforme, além de dentes com esmalte o que é outra característica dessa classe.

  • Arraias: as temidas arraias também são exemplos de peixes cartilaginosos. Mas, diferente dos tubarões ela possui um corpo achatado ao invés de fusiforme. Porém, possui todas as características dos cartilaginosos como os dentes com esmalte e os sentidos super aguçados;
  • Quimeras: talvez uma das espécies de peixes mais misteriosas e curiosas que existem no mundo. É um peixe de águas frias e profundas e só são encontrados a mais de 1000 metros de profundidade. Mas, essa espécie só possui 6 dentes, mesmo assim, pode se considerar como um peixe cartilaginoso. É considerado um fóssil vivo.